• Bianca

Evento une artistas do blues norte-americano e cerveja artesanal


(Foto: Peter M. Huley/ Divulgação)

Com a chegada de outubro, a Opus Promoções e a Branco Produções apresentam uma nova forma de experienciar o blues: unindo o inigualável Harmonica Hinds e os renomados Original Chicago Blues All Stars aos mais sofisticados rótulos de cerveja artesanais. A primeira edição do Octobeer Blues passará por Recife, no dia 25 (Teatro RioMar Recife); São Paulo, no dia 26 (Teatro Opus); e Porto Alegre, no dia 27 (Teatro do Bourbon Country). Os ingressos já estão à venda. Confira o serviço completo abaixo.


Dando continuidade à série de festivais que promovem a harmonização entre música e bebida

(Tango Y Vino, em junho, e Vinho e Jazz, em agosto), o Octobeer Blues promove, além das bandas internacionais, a participação de músicos brasileiros que brindarão a intensidade do blues. Nos foyers dos teatros, uma seleção de cervejas artesanais estará à venda e o público poderá optar pelo estilo que melhor combina com o seu paladar.



Harmonica Hinds


Melvin “Harmonica” Hinds é um dos poucos gaitistas que possui a linguagem musical dos grandes mestres do passado e é considerado um dos maiores gaitistas do Blues de Chicago. Ativo no cenário musical desde 1970, foi músico da casa Theresa’s Lounge onde dividia palco com Junior Wells, Sammy Lawhorn, John Primer, Earnest Johnson entre outros.

Hinds gravou com muitas estrelas do Blues como Koko Taylor, Lefty Dizz, Big Moose Walker, John Primer, Eddie Taylor Jr, Mud Morganfield entre outros. Um dos mais requisitados gaitistas da cena em Chicago, em mais de 30 anos de carreira já acompanhou Pinetop Perkins, Willie “Big Eyes” Smith, Louisiana Red, Louis Myers, Dave Myers, Willie Dixon, Magic Slim, Fred Below, Willie Kent entre outros. Além de gaitista toca também violão e banjo, fazendo o estilo country blues com muita personalidade.


Chicago Blues All-Stars


Foi uma lendária banda formada pelo grande mestre Willie Dixon para acompanhar suas apresentações, mas acabou se tornando um grande projeto de preservação da cultura do Blues, garantia da inclusão e projeção dos talentos daquela época. Durante décadas foi trazendo novos integrantes, oportunizando talentos, que se tornaram as grandes estrelas da cena blues. Depois, quando o mestre faleceu, a banda terminou, até que alguns dos membros de uma das formações originais decidiram se juntar novamente e prestar um tributo ao grande mestre.


Na formação atual a banda conta com um de seus filhos, Deacon Freddie Dixon, baixista e vocalista, Maurice John Vaughn na guitarra, piano e vocal, Michael Damani, na guitarra e Jimmy Tillman na bateria, guitarra acústica e vocal.


Deacon Freddie Dixon foi membro fundador dos Sons Of The Blues junto com Lurrie Bell e Billy Branch. Assumiu o baixo na banda de seu pai, quando o mestre deixou de tocar o baixo para dedicar-se somente ao vocal. Freddie esteve na banda do pai por dez anos. Ele é o atual líder do grupo e responsável por arregimentar os músicos. Freddie pode ser encontrado em gravações de A.C.Reed, Detroit Junior, Big Leon Brooks e nos anos 90 havia deixado o mundo do blues para se tornar pastor.


Dr. Jimmy Tillman foi também integrante dos Sons Of Blues durante os primeiros anos, e depois, passou a ocupar esse posto no Chicago Blues All Stars convocado por Willie Dixon, quando seu baterista habitual, Clifton James, ficou enfermo e precisou parar de tocar. Esteve na banda de

Dixon até a morte dele.


No início de 2016 decidiram se juntar novamente, ao se reencontrarem na banda de Dedrick Blanchard, lendário pianista de Chicago e líder musical da banda de Otis Clay por muitos anos. Foi na cervejaria Motor Row Brewing do South Side que eles começaram a tocar todas as segundas, relembrando as famosas Blue Monday Jams contando com vários convidados durante seus shows, tais como Harmonica Hinds, Steve Bell (filho de Carey), a cantora Holle Thee Maxwell e outros músicos de Chicago que saudaram a volta da famosa banda.


Em outubro de 2016 foram incluídos no Chicago Blues Hall Of Fame e, em novembro foram convocados para ser a banda principal do Frederickshavn Blues Festival, um dos festivais de blues mais importantes da Alemanha. Depois de ter viajado pelo mundo todo junto do mestre Willie Dixon eles estão de volta e se apresentam no Brasil pela primeira vez.


Composta por músicos pertencentes ao Blues Hall of Fame, a Chicago Blues All-Stars gravou e se apresentou com artistas como Chuck Berry, Eric Clapton, Joe Cocker, Buddy Guy, BB King, The Rolling Stones, entre muitos outros. A banda já tocou em mais de 200 estações de rádio em 22 países e alcançou o topo das paradas norte-americanas com o álbum Red, Hot, & Blue, lançado em 2013.

Serviço:

Data: 26 de outubro Horário: 21h Local: Teatro OPUS

Endereço: Av. das Nações Unidas, no 4777 - Alto de Pinheiros/ 4o piso – Shopping VillaLobos) Informações: www.teatroopus.com.br

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Bilheteria Oficial – sem taxa de conveniência

Local: Foyer do Teatro Opus - 4o andar - Shopping Villa-Lobos Av. das Nações Unidas, 4777 - Alto de Pinheiros - São Paulo, SP. De terça a domingo, das 12h às 20h

A Bilheteria do Teatro, no terraço do Shopping Villa-Lobos, abre somente em dias de espetáculos, a partir das 14h.

Pontos de Vendas - com taxa de conveniência

Ingresso Rápido

www.ingressorapido.com.br Telefone: 4003-1212 Formas de pagamento: Amex, Aura, Diners, dinheiro, Hipercard, Mastercard, Visa e Visa Electron

Valores:

Cronograma São Paulo:

Abertura portas: 20h

Harmonica Hinds: 21h

Intervalo: 15min Original

Chicago Blues All Stars: 22h