• Bianca

Paulo Gustavo surpreende interpretando ele próprio com temporada de sucesso na capital paulista com


(Foto: Daniel Chiacos/ Divulgação)


Mais uma vez Paulo Gustavo nos surpreende. A proposta da peça é tê-lo em cena, desempenhando ele próprio, um dia de seu cotidiano frenético, intenso e multifacetado, vivido ao mesmo tempo “aqui” (offline) e “lá” (online) onde também atua em todas as redes sociais, responde aos fãs, se comunica com a família, amigos e estabelece contatos profissionais, tudo ao mesmo tempo, aqui e agora. A peça procura dar conta deste novo regime de vida que marca nosso tempo, no qual as barreiras de tempo, espaço encontram-se cada vez mais embaralhadas.


“Online” não é apenas uma comédia, mas um modo bem humorado de refletir sobre a obrigação de estarmos o tempo todo “presentes” e atuantes em vários planos da realidade que em outros tempos não estariam tão próximos física e temporalmente. O ator entra em cena tentando dar início à sua nova peça. Quem sabe, um monólogo? De repente, é assaltado por um turbilhão de situações inesperadas que acontecem e se sobrepõem e exigem dele várias formas de atenção.


Não sabemos por que, repórteres, amigos, fãs, sua analista e até um ladrão invadem a sua já confusa agenda de compromissos. O palco passa a ser então o lugar onde esta história se desenrola – a de uma pessoa, no caso o ator, às voltas e surpreendido com suas múltiplas circunstâncias.


Parece que a gente nunca está sozinho, diz o ator. Isso cria uma série de situações tristes, ameaçadoras, preocupantes mas que também fazem rir. É preciso olhar para esse nosso dia-a-dia com humor, e não sobram situações a serem exploradas, porque não existe mais o caminho de volta. Estamos todos online.


Para seu novo projeto, Paulo Gustavo convidou Fil Braz para escreverem juntos o texto, tendo ele próprio assumido o desafio de dirigir a peça, cujo elenco é formado por outros sete atores, convidados entre profissionais já reconhecidos e outros atores selecionados através de testes. João Fonseca assina a supervisão de direção.


O músico Zé Ricardo é responsável por uma inovação: a peça ganha ares de musical, com direito a coreografias de Renata Guanabara. E o cenário acompanha as mudanças rápidas da história com várias trocas criadas por Zé Carratu.


O público, acostumado aos diferentes personagens vividos pelo ator no teatro, na TV e no cinema, como Dona Hermínia, Sem Noção e Valdomiro Lacerda, verá em cena um Paulo Gustavo sem caracterizações interpretando ele próprio, elegantemente vestido de Fause Haten.

Serviço:

Datas: 05 de Maio á 28 de Maio de 2017

Horários: Sexta às 21h30 | Sábado às 19h e às 21h30 | Domingo às 18h00

Ingressos: Setor Premium – R$150,00 | Setor II – R$120,00 | Setor III – R$90,00 (Com opção de meia entrada).

Classificação: 14 anos

Duração: 80 minutos.

Local: Teatro Procópio Ferreira

Endereço: Rua Augusta, nº2823 – Cerqueira César

Telefone: (11) 3083-4475

Bilheteria: ter a dom, das 14h às 19h.

Vendas: https://www.ingressorapido.com.br/compra/?id=57240#!/tickets