• Bianca

Começam os preparativos para o Natal na Fonte Elo do Ibirapuera


(Foto: Divulgação)


A preparação para o Natal da Fonte do Parque Ibirapuera já começou, com mais de 15 homens trabalhando arduamente, em seis andaimes, na montagem das quase 2 milhões de lâmpadas que irão iluminar mais de 180 árvores que cercam o lago onde está a fonte.


O Natal, premiado duas vezes como o mais espetacular da cidade, será ainda maior esse ano, com lâmpadas de LED de última geração colocadas na copa das árvores, que chegam a atingir mais de 30 metros de altura. Toda a montagem deverá ficar pronta até o dia 26 desse mês, quando se iniciam os ensaios das projeções e sons. No dia 01 de dezembro, a apresentação de Natal começará oficialmente, com três sessões, 20h30, 21h e 21h30.


A Fonte foi totalmente revitalizada pela empresa de cartões de crédito Elo com o apoio do Ministério da Cultura. A reinauguração aconteceu no dia 21 de agosto com o novo espetáculo das águas, que será apresentado todo sábado de domingo, às 20h30 e 21h.


Realizado pela Elfus Eventos e produzido pela Divina Comédia, o espetáculo abre com os sons e barulhos do Parque e mostra objetos cotidianos do espaço como a bola, o skate, bicicleta, cadeira de rodas, gangorra, balanço e um frisbee, entre outros. Na sequência conta a história do Ibirapuera antes do Parque existir; em tupi guarani, o nome do parque quer dizer ‘árvore velha ou árvore podre’, por conta do pântano original da região. A sequência de imagens homenageia Manequinho Lopes, um funcionário da prefeitura que pacientemente se dedicou a plantar centenas de mudas de árvores, especialmente os eucaliptos australianos que ajudavam a drenar o solo.


A apresentação faz referência também aos traços de Niemeyer. Um lápis vai traçando o projeto do Parque com a Oca, Bienal, Marquise e Auditório. Mostra também algumas referências dos anos 50, mostrando carros, chapéus, vestidos do tempo da inauguração do Parque (agosto de 1954). E a modernidade será retratada através de mensagens curtas de Whatsapp, em várias línguas, combinando encontros no Parque.


As imagens projetadas são acompanhadas por uma trilha musical especialmente elaborada para sincronizar com a dança das águas na Fonte. “Carinhoso” (Pixinguinha), “Mas Que Nada” (Jorge Benjor), “Você” (Tim Maia) e “The Journey Overture” (Rick Wakeman) são algumas das canções que fazem parte do setlist do espetáculo.


Em 20 minutos de projeção, cores, coreografia e música tudo será demonstrado em um espetáculo inédito para toda as famílias e turistas que visitam São Paulo. Desde a reinauguração já passaram mais de 15 mil pessoas para assistir às apresentações.


A nova Fonte do Ibirapuera é uma instalação flutuante com 110 metros de comprimento, por dois metros de largura, que movimenta cerca de 60 mil litros de água por minuto, a cada coreografia. Cada torre de água da fonte é capaz de lançar 24 jatos verticais com até quinze metros de altura, formando uma cortina de água para exibição de imagens.


Além da possibilidade de realizar até 15 coreografias especiais, a fonte tem capacidade de projetar um gêiser de 40 metros de altura, o equivalente a um prédio de 15 andares. Oito setores de iluminação possibilitam a geração de 60 tonalidades diferentes de cores. O projeto de sonorização (10 mil Watts de potência) foi dimensionado de forma que a difusão do som se restrinja única e exclusivamente ao perímetro do lago. Seus bicos, motores hidráulicos, equipamentos eletrônicos, suas cores foram totalmente renovados pela Elo, que também investiu na produção de novos espetáculos.


Além disso, a Elo contribuiu para a montagem de um palco flutuante, especialmente construído na fábrica do Amyr Klink, que abrigará shows e apresentações futuras.


Além do efeito artístico, a fonte é extremamente importante para melhorar a oxigenação da água dos lagos, melhorando as condições da vida da sua fauna e flora aquáticas.

Serviço :

Apresentações: Todos os sábados e domingos, em duas sessões: às 20h30 e 21h.

Modo Ornamental: A fonte funcionará em modo ornamental todos os dias. De 2ª a 6ª, das 9h às 12h, das 14h às 17h e das 19h às 21h. Sábados e domingos, das 09h às 12h e das 14h às 18h.

Local: Parque Ibirapuera – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº

Valor: GRÁTIS