• Bianca

ExpoMusic 2015 atrai a presença dos melhores músicos neste primeiro dia

A EXPOMUSIC 2015 está em sua 32ª edição, ela que é uma feira Internacional da Música, tradicional evento do setor é um conceito de todo esse universo musical, tendo mais de 1.000 novos produtos, sendo apresentadas 300 marcas a cada edição, e disponibilizando que os visitantes experimentem essas novidades no próprio estande. Entre as opções expostas na feira, há instrumentos musicais; equipamentos eletrônicos; acessórios; tecnologias e equipamentos de áudio e vídeo, montagem de palcos; iluminação profissional; e softwares, hardwares e aplicativos para o desenvolvimento de plataformas musicais.



Uma Pesquisa feita ano passado pela Abemúsica (Associação Brasileira da Música) sobre o comportamento do mercado de instrumentos musicais ano passado revela que o campeão de mercado são os alto-falantes, únicos montados no próprio receptáculo, com R$ 52.467.669,00. Logo após vêm os microfones e suportes (R$ 37.062.574,00) e as partes de alto-falantes (R$ 34.632.213,00). Os primeiros instrumentos musicais a aparecer na listagem da entidade, são os de cordas, com R$ 33.078.927, estando em quarta posição. Nesta edição que ocorrerá em São Paulo dos dia 16 até adia 20 de setembro teremos um grande encontro de lojistas, compradores corporativos, artistas amadores e profissionais, escolas, instituições religiosas e público final, para o quarto maior evento profissional da música no mundo, que se inova em em 2015 a fim de atrair um maior número de visitantes e manter a vocação de formar novas gerações de músicos. Somados, esse público deve totalizar cerca de 55 mil visitantes.

Lógico que estivemos no primeiro dia de evento que ocorreu ontem, no dia 16 de setembro, e entrevistamos o Luis Schiavon, tecladista e fundador da banda RPM, que estava marcando presença no stand da Cassio, e também esteve ontem no stand da Yamaha, a dupla com mais de 45 anos de carreira Chitãozinho e Xororó, vocês conferem tudo aqui abaixo:


Bianca Ballotto: Gostaria de saber como que é pra você estar vindo aqui participar desse tipo de feira ? Que tem tantos amadores e tanta gente que quer seguir na carreira da música ...


Luis: Eu acho esse tipo de encontro muito importante, é uma coisa que existe no mundo inteiro, grandes feiras de instrumentos, de lojas, de fábricas fazendo o lançamento de novos produtos, mas o que eu acho mais importante de tudo é você poder ter o pessoal da “velha escola”, quem já músico consagrado, já está na carreira 20, 30, 40 anos permitir que as novas gerações tenham contato com essas pessoas também, é uma coisa que é boa para os dois lados, pro pessoal que já é experiente é bom ver as novidades, ver como a “molecada” encara a música, encara o instrumento, novas formas de programação, arranjo, enfim ... E pro pessoal que está começando é sempre legal poder ter contato com um músico consagrado, um ídolo,

e perceber que todo mundo começou de algum lugar, então esse tipo de encontro propicia essa integração, que é tão importante quanto você ter contato com as novas tecnologias, com os novos lançamentos, ter esse bate papo descontraído entre o pessoal que está começando e os mais experientes, é sempre muito importante e fundamental para o desenvolvimento da música !

(Foto: Divulgação)


Bianca Ballotto: Sobre esse nova geração que você estava dizendo, o Paulo Ricardo mesmo, que é da sua banda estava sendo jurado do Reality Superstar, você acha que o pessoal que participa desses reality’s estão pulando uma fase que vocês passaram, estão pulando etapas e já indo buscar diretamente o sucesso ao invés da música ?


Luis: Na verdade a oportunidade quando aparece na sua frente você tenta pegar, eu acho que realmente eu grupo que consegue um destaque no superstar ele vai “queimar” duas, três etapas que precisaria estar na estrada “ralando”, mas por outro lado, se a banda não tiver talento ele vai sair no primeiro, segundo programa também e não vai ter essa oportunidade, então, é uma vitrine pra quem já está meio pronto, quem está com um “pé” na carreira profissional já, acho muito difícil o pessoal aparecer em um programa desses formatos, um que não tem o seu talento, que é meio novo, que nunca teve experiência aparecer porque é bonitinho, conhece alguém, a mecânica de eliminação acaba tirando esses rapazes, e quem fica, lógico que tem uma peneira prévia e muita gente boa deve ter ficado de fora, mas o fato é que a vida é feita de oportunidades, você tem que estudar, se dedicar, se empenhar na sua carreira, e ficar atento as possibilidades, ficar dentro de casa estudando e não dar a cara a tapa também não vale nada, temos que balancear as coisas como: estudo, comprometimento com a carreira e senso de oportunidades!


Bianca Ballotto: E o que você pode contar pra gente sobre o DVD novo que vocês estão lançando, o ELLEKTRA, quando estará saindo ?


Luis: O dvd acabou atrasando porque houve uma ruptura com o nosso antigo empresário, e tinha umas pendências, conseguimos desenrolar isso tudo, o dvd está sendo produzido, vai sair com várias coisas extras, que a gente veio colhendo neste tempo, e se tudo der certo no final do ano, no máximo no carnaval está nas lojas !

(Foto: Divulgação)


Bianca Ballotto: Como é pra vocês estar aqui participando desta feira ? Vocês que são ídolos consagrados para todos todos nós que adoramos sertanejo. Como é pra vocês estar aqui hoje lotando a expomusic ?


Xitãozinho e Xororó: Prazeroso poder ter esse contato mais próximo com os fãs, muitos músicos comparecem aqui a gente vê a afinidade que as pessoas tem com o nosso trabalho, é realmente muito prazeroso, e além de tudo estar aqui no stad de um grande parceiro nosso que é a Yamaha !